Programação

  • 8h às 9h

  • Credenciamento

  • Secretaria

  • 9h às 9h30

  • Acolhimento / Integração

    Jefferson Leonardo

  • Auditório Hortênsia

  • 9h30 às 12h

  • Workshops

    Nelson Bittencourt - Num momento onde “não há o que não haja”! Como inspirar para potencializar?

    Súmula: Num momento em que "não há o que não haja” experimentamos, por um lado, oportunidades incríveis: um mundo a cada dia menor e com tudo mais perto, tecnologia em abundância, possibilidade de reaprender a todo instante, busca pela equidade... Por outro lado, nem tudo é para todos, polarizações, Pinóquio virtual (fake news), arranjos na interpretação das leis em detrimento do interesse da minoria, mudanças radicais no trabalho, no que fazemos, como fazemos e o que teremos que fazer! Como encontrar, nutrir, estabelecer pontos comuns e divergentes? O que nas minhas equipes é preexistente e que é útil ao grupo? Que ar “coletivo" queremos respirar? Espero vocês, para juntos potencializarmos as nossas respostas!!!

  • Sala Azaleia

  • 9h30 às 12h

  • Workshops

    Everton Corrêa e Nelci Teixeira - O equilíbrio sustentável do desenvolvimento simultâneo das pessoas e da organização pelo processo criativo coletivo.

    Súmula: Numa era de transformação mundial, as lideranças são cada vez mais demandadas para promover estratégias inovadoras e de sustentabilidade das organizações, exigindo-se dos líderes a competência essencial de cultivar e sustentar conexões, primordiais para promover de forma coletiva, a geração do novo e as mudanças necessárias, em busca de resultados de sucesso e perpetuidade. Será promovida uma reflexão de como instituir uma cultura e um ambiente favorável para se estabelecer a “Era da Mente Criativa” - inspirando as pessoas para sonhar que é viável e possível fazer o aparentemente impossível, através do pensar e fazer diferente.

  • Sala Plátano

  • 9h30 às 12h

  • Oficinas Vivenciais

    Adilson Souza - A liderança sob uma nova perspectiva: Propósito e Espiritualidade

    Súmula: Compartilhar por meio de uma vivência, o que os líderes com clareza de propósito e prática dos valores da espiritualidade, promovem na construção de um ambiente organizacional mais humano, próspero e sustentável. Através do mapeamento do grupo, o coordenador irá apresentar exemplos de propósitos e valores ligados à espiritualidade.

  • Sala Cipreste

  • 9h30 às 12h

  • Oficinas Vivenciais

    Ximena Combariza Echeverri - Ações da Liderança mobilizando o Coletivo

    Súmula: Oferecer aos participantes um espaço de aprendizagem teórico-prático-vivencial e de construção coletiva sobre a liderança em serviço, que permita ampliar a visão da liderança e contribuir assim para o desenvolvimento de suas competências como líderes, com uma maior orientação ao serviço e desenvolvimento das pessoas sobre as quais tem influência. Além disso, será criado um espaço para compartilhar experiências anteriores dos participantes em relação à liderança, aproveitando e fortalecendo assim o conhecimento coletivo do grupo.

  • Sala Ipê Amarelo

  • 9h30 às 12h

  • Grande Vivência

    Branca Barão - “Encontro de Propósito”: Valores Individuais - Resultados coletivos

    Súmula: Apresentar ao profissional de hoje questões imprescindíveis como a importância da autoconsciência e do autoconhecimento como a estrutura fundamental para a construção de um propósito coletivo. O poder de influência que temos quando em um grupo e o risco que isso pode representar caso nos falte essa consciência. Toda cultura é baseada em valores, que por sua fez podem estar conscientes ou não. Aumentar essa consciência gera Propósito individual que, por sua vez, gera os resultados coletivos. Objetiva demonstrar a importância do autoconhecimento para o desenvolvimento de uma Cultura Organizacional consciente e de resultados, trazer clareza à Cultura Organizacional buscando a compreensão do fato de que toda decisão humana, dentro e fora das organizações, é tomada a partir de uma hierarquia de valores que quando conscientes nos dão Clareza e Autonomia e permitir que os participantes encontrem em si mesmos os valores que representam hoje, os principais motivos para as escolhas que fazem atualmente em sua vida pessoal, profissional e com suas equipes.

  • Auditório Araucária

  • 9h30 às 10h45

  • Palestra Interativa

    Frei Jaime Bettega - Liderança: uma construção significativa!

    Súmula: Esta palestra irá abordar vários tópicos: O humano que se torna líder. Amar as pessoas: o segredo de liderar eficazmente. A espiritualidade: condição para a humanização. Líderes benevolentes: transformação e ação humanizadora. O perdão como “ferramenta” para despertar o melhor de cada liderado.

  • Auditório Hortênsia

  • 10h45 às 12h

  • Palestra Interativa

    André Ortiz - Como liderar com motivação

    Súmula: Fornecer os novos conhecimentos, habilidades e atitudes do líder antenado à nova revolução 4.0 nas empresas, sabendo que motivação e liderança são e serão sempre sinônimos na expertise do gestor. Liderança é genética ou memética? Qual é o maior MEME corporativo nos bastidores da Liderança? Descobrir quais as maiores causas de fracasso em liderança, quais as funções de um líder e quando treinar, demitir, motivar e promover são alguns temas desta palestra, além de descobrir o verdadeiro significado do termo BZ.

  • Auditório Hortênsia

  • Intervalo

  • 13h45 às 15h

  • Palestra Interativa

    José Maria Gasalla - A Confiança como elemento essencial em uma realidade conectada em que a pessoa, e não a tecnologia, será o centro.

    Súmula: Em realidades voláteis, incertas e complexas é ainda mais necessária a confiança. Não é fácil em um mundo interconectado interatuar com pessoas que não conhecemos, mas a nova realidade, cada vez mais diversa, vai criando a necessidade de uma maior abertura. O caminho é conduzido pela autoconfiança e a nossa capacidade de transitar por este novo mundo sem perder o equilíbrio para atuar eficientemente. Esta palestra se mostrará como uma ferramenta para potencializar a nossa autoconfiança e também abordará como criar espaços de confiança. As nossas organizações precisam se convertendo em espaços conversacionais para que a confiança aconteça.

  • Auditório Hortênsia

  • 15h às 15h30

  • Visita a ExpoESARH e Sessão de Autógrafos

  • 15h30 às 16h45

  • Palestra Interativa

    Tom Coelho - A importância de alinhar missão, visão e valores profissionais aos objetivos pessoais

    Súmula: Tem como propósito a definição de missão buscando deixar um legado, visão de futuro resgatando os sonhos de infância e a definição de valores pessoais, com ênfase na humildade, empatia e ética. Busca o autoconhecimento, mudanças comportamentais, pessoais e na equipe através do tripé pensar-sentir-agir. Planejar metas e comunicação a partir do conteúdo, voz e expressão corporal. Não é o que você diz, mas como você diz.

  • Auditório Hortênsia

  • 16h45 às 17h15

  • Abertura oficial

  • Auditório Hortênsia

  • 17h15 às 18h30

  • Conferência de Abertura

    Eugenio Mussak - Inspirar pessoas para potencializar o coletivo

    Súmula: Inspirar pessoas comuns pode levá-las a fazer coisas incomuns. Dizem que essa é uma competência de líderes especiais, mas a notícia boa é que é possível aprender a arte. Um trabalho de qualquer natureza pode ser feito de maneira inspirada, ou não. Quem está inspirado faz coisas melhores, tem mais comprometimento, acredita que o resultado de seu trabalho é importante, busca a excelência. Por isso fala-se que líderes devem desenvolver a capacidade de “inspirar pessoas”. Mas como é que se faz isso, exatamente? Três componentes são fundamentais para inspirar sua equipe ou os colegas que orbitam em seu entorno: ter um propósito relevante, acreditar profundamente nele e ser dotado de boa capacidade de comunicação. A química desses atributos pode fazer a alquimia da transformação. Grandes líderes sabem que, se a respiração é vital ao corpo, a inspiração é essencial à alma.

  • Auditório Hortênsia

  • 9h às 11h30

  • Workshops

    Maurício Pedro e Angélica Lúcia Kanô - SENAC SP - Líderes que desenvolvem o melhor de cada um

    Súmula: Mediar a aprendizagem de seus liderados e incentivar que suas equipes ajam com mais autonomia, elevando o sentimento de competência e desencadeando um ciclo contínuo de alta performance dentro das organizações. A estrutura do Workshop Líder Mediador apresenta estratégias que alinham a expertise em educação corporativa do SENAC São Paulo e a metodologia mundialmente reconhecida do Instituto Feuerstein. Essa será uma oportunidade para conhecer os Fundamentos da liderança mediadora; Por que ser Líder Mediador? e as Técnicas e estratégias do Líder Mediador.

  • Sala Plátano

  • 9h às 11h30

  • Workshops

    Alfredo Castro - Storytelling: Entendendo como a Inteligencia artificial vai necessitar conectividade e humanismo através de “histórias” bem contadas!

    Súmula: Entender como é possível tornar as pessoas engajadas e motivadas, através dos princípios de storytelling buscando um fim comum como parte do contexto atual de mudanças. Mostrar como a inteligência artificial é o próximo desafio aos líderes e liderados, e as técnicas de storytelling dentro deste contexto.

  • Sala Ipê Amarelo

  • 9h às 11h30

  • Oficinas Vivenciais

    Jefferson Leonardo / Beth Bado / Nelson Hass - Oficina de Bonecos: arte e aprendizado

    Súmula: Oferecer uma oficina construtiva, vivencial e experiencial, focada no potencial coletivo da cooperação. Alinhamento o planejamento, a comunicação e a execução com objetivo de aumentar a performance e a resolutividade pessoal e profissional dos participantes gerando melhores resultados para a organização e seus clientes.

  • Sala Cipreste

  • 9h às 11h30

  • Grande Vivência

    Renate Muller e Daniel Caminha - Só é bom, se for para todos / Constelações Organizacionais - uma visão sistêmica para novos rumos

    Súmula: Em momentos de transição, onde o “eu” começa a dar lugar para o “nós”, somos desafiados a mudar nosso olhar e a resgatar o que nos dá sentido. Não basta mudar conceitos, é preciso desenvolver novas atitudes, reconhecer que somos um todo e que cada um tem força, quando ocupa o seu lugar. As constelações organizacionais, abordagem fundamentada por Bert Hellinger, nos mostram que, através da realização de uma constelação, podemos ver os emaranhamentos que criamos com as ações empregadas na gestão de pessoas. E o quanto a falta de um entendimento sistêmico afeta os resultados da empresa como um todo.

  • Sala Azaleia

  • 9h às 10h15

  • Palestra Interativa

    Álvaro Fernando - Comunicação e Criatividade: O segredo que leva a sua ideia para frente!

    Súmula: Entender como criamos ou como temos um insight que promove a possibilidade de dirigir-se a este resultado. Entender que abandonar os velhos pensamentos é um aprendizado libertador. Ter uma ideia, criar algo, promover uma mudança ou “bolar um troço” é divertido, trabalhoso e precioso. Mas como ter o esforço reconhecido? Como atribuir valor às ideias? Como as pessoas se convencem de que uma ideia é boa?

  • Auditório Hortênsia

  • 9h as 10h15

  • Painel

    Carlos Villela / Marcelo Porto / Mauro Negruni - Os desafios para o RH em tempos de mudanças legislativas e fiscais, com forte impacto nos processos, na gestão e no compliance trabalhista e tributário

    Súmula: Este painel trata do impacto da reforma trabalhista nas organizações, as mudanças provocadas pelo e-Social/EFD Reinf, compliance fiscal tributário e os desafios para a gestão de RH, além das implicações causadas nas relações de trabalho.

  • Auditório Araucária

  • 10h15 às 10h45

  • Visita a ExpoESARH e Sessão de Autógrafos

  • 10h45 às 12h

  • Palestra Interativa

    Ricardo Ruzzarin - Cadê meu tutorial de carreira?

    Súmula: Reestruturações, enxugamentos, transformação digital! Este é o cenário do mundo corporativo em que vivemos. Como pensar no desenvolvimento de carreira individual e/ou potencialização do coletivo, no meio de tanta loucura e disruptura? Espero por minha empresa ou toco o barco sozinho? Indagações e resistências sobre o tema carreira estão sendo levadas ao divã e temos que dar conta disso!

  • Auditório Araucária

  • 10h45h às 12h15h

  • Painel

    César Souza / Marcelo Madarász / Marcos Baumgartner - Do individual para o coletivo: ampliando o olhar frente aos desafios dos Novos Tempos. Apagão de liderança e/ou crise de valores?

    Súmula: Este painel propõe um olhar ampliado sobre os desafios atuais. Com o objetivo de ampliar o repertório e elevar o nível de consciência, gostaríamos de inserir as reflexões sobre os desafios dos gestores de Recursos Humanos, num contexto maior, no qual cabe a cada um de nós nos enxergarmos e enxergarmos o mundo ao nosso redor de maneira mais abrangente e efetiva e, desta forma, utilizarmos uma gama maior de recursos com maior probabilidade de sucesso. Apagão de liderança e / ou crise de valores? Estamos formando líderes para uma realidade que já não existe mais. Princípios e crenças que foram uteis no passado já não servem mais à prática da Liderança nas empresas, nas comunidades e nas famílias. Como os líderes devem se posicionar frente a este enorme e desconcertante desafio?

  • Auditório Hortênsia

  • Intervalo

  • 13h30 às 15h

  • Workshops

    Graziela Alberici - SESI - Ansioso Mundo Novo: a importância da gestão dos fatores psicossociais num cenário de mudanças

    Súmula: Sensibilizar os profissionais de Recursos Humanos e gestores sobre os riscos psicossociais associados às mudanças do mundo do trabalho, estimulando-os ao desenvolvimento de estratégias organizacionais de prevenção e promoção à saúde do trabalhador. A atividade será proposta através de exercício prático e atividade de Design Thinking.

  • Sala Azaleia

  • 13h30 às 16h

  • Oficinas Vivenciais

    Heloisa Gappmayerr Biscaia - Práticas apreciativas que conectam o humano

    Súmula: Co-inspirar com os participantes, práticas apreciativas baseadas na metodologia Investigação Apreciativa. Potencializar um olhar mais profundo, positivo e transformador desenvolvendo habilidades comportamentais, de escuta e de conexão que são possíveis de serem utilizadas de forma simples e efetiva.

  • Sala Plátano

  • 13h30 às 16h

  • Oficinas Vivenciais

    Alexandre Fiorin - Desenvolvendo equipes com propósito. Inspirar e engajar equipes para um propósito coletivo

    Súmula: Vivenciar o TEAM CANVAS, uma ferramenta para formação e desenvolvimento de equipes, que permite colocar os participantes no mesmo propósito, resolver conflitos e criar uma cultura produtiva, e o melhor, tudo isso de forma visual, ágil e dinâmica. Será uma atividade vivencial e de reflexão em equipe.

  • Sala Cipreste

  • 13h30 às 16h

  • Oficinas Vivenciais

    Claudia Lucchese e Bruna Kafrouni - Nossos pensamentos nos adoecem? Vamos mudar o foco

    Súmula: Discutir e propor práticas para entender um pouco mais sobre o pensamento acelerado x adoecimento no trabalho. Apresentar técnicas que incentivam o indivíduo a viver o “aqui e o agora”, restabelecendo a saúde física e mental. Refletir acerca da influência digital e tecnológica nos nossos sentimentos e atitudes, em relação ao mundo do trabalho.

  • Sala Ipê Amarelo

  • 13h30 às 14h30

  • Palestra Interativa

    Karim Khoury - Liderança Mindfulness: Como elevar o seu desempenho a outro patamar

    Súmula: Os cargos de liderança enfrentam, cada vez mais, desafios inseridos num ambiente de rápidas mudanças e incertezas, com equipes reduzidas e sobrecarga de informações. Estas fontes de pressão podem gerar um quadro de estresse e ansiedade. Ao final da apresentação você será capaz de praticar técnicas de Mindfulness (Atenção Plena) para aumentar a consciência do momento presente, aprofundar o seu autoconhecimento, permitindo aumentar o foco, ter mais clareza para tomada de decisões, reduzir a ansiedade e aperfeiçoar a habilidade de escuta e a empatia.

  • Auditório Hortênsia

  • 13h30 às 14h45

  • Palestra Interativa

    Marcelo Madarász - Sua carreira a serviço do seu propósito.

    Súmula: Sua carreira está a serviço de seu Propósito? Qual é o seu Propósito de Vida? Existirmos a que será que se destina? Como disse Nietzche e depois foi lembrado por Viktor Frankl, "quem tem um porquê enfrenta qualquer como”. Na escolha de uma carreira, há de ser levado em consideração um conjunto de elementos, como o cenário e o contexto atual, mas torna-se mais do que nunca imperioso a reflexão sobre aquilo que faz sentido para cada um. Venha refletir sobre estas questões neste Diálogo sobre Carreira e Vida.

  • Auditório Araucária

  • 14h45 às 16h

  • Palestra Interativa

    César Souza - Team Business: Muito além do Team Building

    Súmula: Esta palestra abordará os seguintes tópicos: Transformando Ilhas de Competência em Arquipélagos de Excelência. - Atrelar equipes à Execução da Estratégia e aos Resultados desejados pela Empresa. Apresenta as características das equipes de alta performance . Reflexão sobre Posturas e Atitudes para se formar equipes de sucesso que consigam trabalhar juntas, transformando metas em resultados. Como motivar e comprometer a todos com um propósito comum, criando maior sinergia entre membros das equipes e das diversas áreas da empresa.

  • Auditório Araucária

  • 14h30 às 15h30

  • Palestra Interativa

    Fabio Scannavino - IBC - Competências Essenciais dos Líderes Inspiradores

    Súmula: Essa palestra é baseada na modelagem de grandes líderes que ao longo de suas vidas conectaram pessoas através de seus sonhos, inspiraram através de seu exemplo, de seu trabalho e movimentaram em direção ao futuro, a um legado, a um propósito de ajudar a humanidade. Abordaremos as competências essenciais observadas em suas atuações e poderemos nos auto avaliar, através de uma ferramenta de coaching, como estamos com relação a essas competências.

  • Auditório Hortênsia

  • 15h30 às 16h30

  • Palestra Interativa

    Denize Dutra - Alinhando propósito individual ao da organização: alicerce para a felicidade no trabalho

    Súmula: A relação felicidade-produtividade e seus impactos nos resultados é constantemente debatida nas organizações. Martin Seligman diz que o bem-estar depende de cinco elementos: relações construtivas, engajamento, realização pessoal, senso de propósito e emoções positivas. Quando analisamos estes elementos na perspectiva do trabalho, percebemos que existem fatores intrínsecos e extrínsecos ao bem-estar, ou seja, parte depende do indivíduo e parte das organizações, para proverem ambientes saudáveis de trabalho.

  • Auditório Hortênsia

  • 16h30 às 17h

  • Visita a ExpoESARH e Sessão de Autógrafos

  • 17h às 18h30

  • Entrega Prêmio ESARH

  • Auditório Hortênsia

  • 18h30 às 18h45

  • Visita a ExpoESARH

  • 18h45 às 20h

  • Conferência Magna

    Gil Giardelli - O futuro inteligente além da inovação

    Súmula: Hoje vivemos uma nova revolução. São novas palavras e sentidos, tempo de mudanças complexas, aceleradas, dinâmicas, explosivas, radicais, com uma nova realidade virtual, e a uma nova economia: disruptura. Entender o futuro preditivo, em que o grande mantra que ecoará, por ora, será a ilustre frase do professor William Edwards Deming: “Nós acreditamos em Deus; todos os outros devem trazer dados”. Uma vez inseridos nessas eras, elas nos levarão para um mundo em que viveremos melhor e com mais qualidade de vida, saindo da era da escassez, que terá sido a era industrial, entrando na tão bem-vinda era da abundância. Misture a isto a desobediência de uma nova era. O MIT está premiando com U$ 250 mil os pesquisadores desobedientes. Eles dizem “conservadores não têm lugar no mundo da inovação, do avanço científico e social. Esse território é dos desobedientes. Não se pode mudar o mundo sendo obediente”

  • Auditório Hortênsia

  • 8h30 às 11h

  • Oficinas Vivenciais

    Maria Francia Utard (Costa Rica) - Rede de compromissos: criação de confiança

    Súmula: Oferecer aos participantes um espaço de reflexão e aprendizagem experiencial sobre a importância da confiança na geração de uma rede de compromissos. Tomar consciência de como a linguagem cria realidades e como a confiança, baseada em quatro pilares, é afetada quando as pessoas não cumprem. Aprender a reconstruir a confiança através da linguagem.

  • Sala Ipê Amarelo

  • 8h30 às 11h

  • Oficinas Vivenciais

    Katherine Minella e Marta Dueñas - Comunicação e gestão de equipes trabalhadas de forma colaborativa através do Design Thinking

    Súmula: Co-criar soluções para comunicação e gestão de equipes, por meio da abordagem do Design Thinking, balizando conhecimentos sobre mapa da empatia e lançando um desafio prático e real que envolva e facilite o engajamento. Uma nova atitude mais abrangente, criativa, colaborativa e integradora dos participantes.

  • Sala Plátano

  • 8h30 às 11h

  • Oficinas Vivenciais

    Helena Brochado - Liderança por propósito: âmbito pessoal, grupal e institucional

    Súmula: Abordar o que é liderança por propósito e suas competências, conectando esse conhecimento com a tomada de decisão e engajamento da equipe. Trabalhar no âmbito pessoal, grupal e institucional, no que tange a conscientização sobre o porquê fazemos, o que fazemos, quem inspiramos, quem nos inspira e qual o nosso legado. Contextualizar o que é propósito, o que é felicidade, o que é sucesso e legado, o que é inspiração, quem você inspira, quem inspira você e o papel do líder no dia a dia da sua vida, da equipe e da organização.

  • Sala Azaleia

  • 8h30 às 11h

  • Oficinas Vivenciais

    Jorge Gonçalves - O Mundo colaborativo

    Súmula: Construção de dinâmicas e modelos colaborativos, ao longo da oficina, levam cada participante a viver experiências de compartilhamento de conhecimentos e sentimentos que impactam sua vida corporativa e pessoal. Em sete momentos busca-se entender contexto e ENGAJAMENTO, FAZER diferente, REAPRENDER a aprender, uma HISTÓRIA para contar, FERRAMENTAS para fazer, colaborar é CONSTRUIR com propósito e FÓRMULA DISRUPTIVA para vida.

  • Sala Cipreste

  • 9h às 10h15

  • Palestra Interativa

    Eduardo Shinyashiki - Pessoas que transformam a realidade. O que  move e  inspira as pessoas na construção de organizações de sucesso.

    Súmula: No cenário mundial organizacional convivemos com estímulos contraditórios e não mais administráveis com uma solução unívoca, mas somente através de contínuos processos de readaptação e inovação, aceitando a incerteza e o risco como condição operativa inevitável, mas também como oportunidade de desenvolvimento. A ausência de certezas coloca ainda mais ênfase na exigência e na necessidade das organizações de valorizar o capital humano, o conhecimento, os talentos, a experiência, as competências e as potencialidades das pessoas para a concretização de resultados. É nesse foco que se direcionam muitos dos desafios dos líderes no contexto atual: manter viva nos colaboradores as forças vitais, criativas, inovadoras e sinérgicas.

  • Auditório Hortênsia

  • 10h15 às 10h45

  • Visita a ExpoESARH e Sessão de Autógrafos

  • 11h às 12h15

  • Encerramento - Magna 3

    Clóvis De Barros Filho - A vida que vale a pena ser vivida

    Súmula: "A vida que vale a pena ser vivida" trata da felicidade humana de uma perspectiva filosófica, ou seja, na busca pela conciliação entre trabalho, família, amizades e alegrias. Inspirado no conceito aristotélico de "eudaimonia", o tema ministrado pelo Prof. Clóvis de Barros Filho questionará a relação entre "aquilo que fazemos" e o nosso "prazer de viver".

  • Auditório Hortênsia

  • 12h15 às 13h

  • Show de Encerramento

  • Auditório Hortênsia

Haverá tradução instantânea nas salas para as atividades com palestrantes estrangeiros.

Faça sua Inscrição
Escolha as suas atividades
  • Oficinas vivenciais - Atividades grupais conduzidas por coordenadores de grupos com o objetivo de oportunizar experiências aos participantes nos temas propostos;
  • Talkshow - Discussão de temas ou ideias entre duas ou mais pessoas, acompanha um mediador;
  • Palestras interativas - Palestra relacionada com blocos temáticos e conduzidas de forma interativa com o publico alvo;
  • Case melhores práticas - Apresentação de estudos de casos de comprovada efetividade;
  • Grandes Vivências - Atividades vivenciais conduzidas em grande grupo (cerca de 200 pessoas);
  • Palestra Magna - Palestra ancora focada no tema central ou bloco temático específico;
  • Workshops - Na segunda-feira pela manhã, diferencia-se também pela carga horária de 2h30 com temas focados na Concepção Temática.